ROMA – A CIDADE EM RUÍNAS

IMG_4498

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

‘Agora estás em Itália?’, perguntam vocês.
Desculpem esta intersecção de posts de Itália com os da Ásia, mas tinha aqui estas fotos de Roma perdidas e resolvi mostrar-vos antes de continuarmos por Bali.
A seguir a Florença fomos para Roma, como vos tinha dito, uma cidade que me impressionou pela riqueza histórica… e pelas pizzas.
Facilmente se viaja pelo país todo de comboio, a preços bastante acessíveis, e demorámos uma hora e meia entre as duas cidades.

IMG_4513 IMG_4522Untitled-1
IMG_4523Untitled-2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Roma é o exemplo de uma perfeita simbiose entre o antigo e o moderno – para qualquer lado que se olhe vê-se uma construção recente ao lado de uma ruína que antes fora uma casa ou um local público. Depois de uma pizza e um gelatto, fomos visitar o Panteão.

IMG_4523 IMG_4530 IMG_4538 IMG_4541

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A característica mais impressionante da arquitectura italiana é o tecto. Todos os tectos, sem excepção, contém uma riqueza histórica e de mão-de-obra que nos faz questionar os próprios limites do Homem. Eu só pensava ”Há pessoas que não conseguem estrelar um ovo, enquanto os nossos antepassados desafiavam leis da gravidade e da capacidade humana”.

Untitled-3 Untitled-5

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como só tínhamos um dia inteiro em Roma, tivemos que estabelecer prioridades e decidimos que iamos visitar o Coliseu e o Vaticano.

IMG_4557 IMG_4559 IMG_4561 IMG_4564

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Coliseu é todo ele uma ruína e é difícil imaginar aquilo cheio de gente, com lugares sentados. Mais difícil ainda é imaginar que por baixo daquilo tudo ficavam encurralados os prisioneiros e as feras, num espaço tão pequeno como desumano.

A seguir, o Vaticano.

IMG_4570 IMG_4573 IMG_4576 IMG_4577

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Se viram o vlog da viagem sabem que eu e a minha mãe não fomos autorizadas a entrar no Vaticano – eu porque tinha um vestido ”curto” e a minha mãe porque tinha uma blusa ”decotada”. O meu pai e o Hugo entraram e disseram que foi das coisas mais impressionantes que viram.

IMG_4585 IMG_4586 IMG_4590 IMG_4591 IMG_4602 IMG_4605 Untitled-4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A melhor altura do dia para andar nas ruas de Itália, durante o Verão, é ao fim da tarde. O calor começa a ficar suportável e as pessoas saem para jantar ou beber qualquer coisa numa esplanada – ou só mesmo para falarem uns com os outros em voz alta e com muitos gestos – as crianças juntam-se todas para brincar e até os animais de estimação dão o ar de sua graça.
Nós fomos jantar ao La Scala, por recomendação de uma amiga.

IMG_4613 IMG_4614 IMG_4619 IMG_4621 IMG_4622 IMG_4628

Nenhum restaurante foi uma desilusão em Roma, desde as entradas ao panna cotta todos eles ficaram acima da média. Depois deste jantar jurei que não ia comer trufas durante 6 meses, mas confesso que ao ver as fotografias agora até estou com algumas saudades de um menú recheado delas.

Parece que vou ter que voltar a Roma, tanto pelo Vaticano como pela comida.
Arrivederci, bella Italia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *