PREPARAR PARA OS EXAMES

IMG_1622-2

 

Para quem anda na faculdade, está-se a aproximar aquela altura do ano em que pensamos em mil e uma formas de escapar do precipício que se avizinha. É um facto e temos de o encarar – os exames estão a chegar.
Começa a ficar calor e a última coisa que queremos é estar fechados em casa a estudar, e a verdade é que, para muita gente, os exames são motivo de caos interno generalizado (há pessoas que ficam literalmente doentes, do stress).
Desde por volta do sétimo ano, comecei a desenvolver um método de estudo que funciona até hoje. Por saber que estas técnicas têm resultados práticos a facilitam muito a nossa vida, resolvi vir partilhar com vocês algumas dicas para optimizarem o vosso estudo. Vamos lá?

Ter uma agenda de tarefas
Uma coisa que eu sempre fiz foi utilizar um caderno pequenino onde aponto os trabalhos de casa, os testes, e tudo o resto que há de importante para fazer. A maioria das pessoas anota no próprio caderno da disciplina, mas isso faz com que tenhamos de ver caderno a caderno, e muitas vezes em cima do dia, enquanto que, tendo um caderno separado, vamos fazendo check nas tarefas já cumpridas e conseguimos saber com antecedência o que temos de fazer – fundamental para planear o estudo. Essa foi uma técnica que me ajudou bastante, e ainda hoje faz toda a diferença!

Ter o caderno em dia e copiar a matéria toda para um dossier
Só quem anda na faculdade sabe o que é escrever à velocidade da luz. Os professores falam depressa, não repetem e não se calam. Usar o mesmo caderno para apontamentos nas aulas e estudar para os exames é impensável para mim – a letra está horrível, não há organização, há montes de palavras soltas e “pesquisar isto”. Antes de começar a estudar de verdade, a primeira coisa que eu faço é passar a matéria toda dos cadernos de apontamentos para um dossier, com letra bonita e com canetas a cores (vamos falar disto no ponto seguinte). Assim, quando for estudar, é tudo mais agradável – e fácil – de ler.

Utilizar cores
Sou uma grande adepta da utilização de cores nos cadernos. Sabem aquelas embalagens de canetas de ponta fina da Staedtler? Uso todas. Porquê? As cores ajudam-nos a captar a nossa atenção e a decorar informação. Principalmente se utilizarmos cores com associações: associar o verde a palavras-chave, o roxo à explicação dessas palavras, o laranja a nomes importantes, o rosa a títulos, etc. Numa mancha gráfica, ter palavras que se destacam é fundamental para tornar a leitura mais produtiva, de forma a retermos mais informação condensada. Por isso, usem e abusem! (E não liguem aos colegas que dizem que vocês parecem do infantário)

Fazer exercício físico
Parece-vos sem nexo? Pois digo-vos que o exercício é uma das melhores formas de libertar tensão, clarificar a mente e manter-nos focados. Estudar um dia inteiro seguido, na mesma posição, torna o nosso cérebro preguiçoso e precisamos de o estimular. Não só intelectualmente, mas fisicamente – com libertação hormonal. 

Desenvolver um horário saudável
Eu não consigo estudar ao fim da tarde. É um facto; não consigo. Por isso, e por me conhecer, gosto de estabelecer horários que me permitam tirar melhor partido das minhas capacidades. Estudo muito melhor de manhã, por isso, faço questão de me deitar cedo (10h30 no máximo) e acordar cedo (7h30 no máximo). Assim, tenho as horas todas até ao almoço para me focar no estudo e à tarde tiro duas horas para mim (ir ao ginásio, ver uma sério, ler). Depois, volto a estudar duas horas a seguir ao jantar – se for preciso. O importante é mesmo, consoante a vossa hora mais desperta, definirem o número de horas que precisam para estudar. Durante essas horas, façam pequenos intervalos de 10 minutos para respirar e andar um bocado, mas não se distraiam com redes sociais ou TV. Vejam a técnica pomodoro.

Hidratar e comer bem
Tudo bem que isto são regras para a vida, e não só para a altura dos exames… mas sendo que se trata de uma altura em que estamos a puxar mais pela actividade cerebral, é fundamental nutrirmo-nos de forma adequada. Os ácidos gordos são cruciais para o bom desempenho do cérebro, assim como os carbohidratos são necessários para nos darem “combustível”. É importante apostar em gorduras boas, como abacate, os frutos secos, o salmão, os ovos; e em carbohidratos como os legumes, as frutas, as leguminosas, o arroz integral, a batata doce e outros carbohidratos simples. Além disto, deve-se repor os líquidos bebendo muita água (e chás) e não ficar muitas horas sem comer. O cérebro deve estar ocupado com o estudo, não com a carência nutricional.

O resto já tem a ver com cada um de nós. O local de estudo também é muito importante, sendo que devem optar por sítios com muita luz natural e sem ruídos. A minha técnica para estudar é fazer resumos da matéria, e depois reescrever esses resumos vezes suficientes até os saber de cor. Há quem goste de se gravar a ler a matéria e depois ouvir a gravação vezes sem conta. Outros preferem simular uma aula e fingir que são os professores – a fala permite a memorização. A partir destas bases que partilhei convosco vocês podem adaptar melhor os métodos a vocês próprios, sabendo que planear e organizar é fundamental.

Ah, e não se esqueçam de respirar.
Vai tudo correr bem.

10 Comments

  1. Mariana
    2 Junho, 2016 / 20:10

    Boas dicas! Algumas já costumo fazer mas saber mais conselhos sobre como enfrentar esta época é sempre bom e interessante. Continua :)

    • Joana Moreira
      5 Junho, 2016 / 13:52

      Obrigada Mariana :)

  2. 8 Junho, 2016 / 16:38

    Gostei muito do artigo! Apesar de ainda estar só no secundário, já tenho mil e um testes e trabalhos para entregar e por vezes é difícil para mim dar conta de tudo (Aquelas semanas preenchidas de testes) e estou sempre aberto a sugestões como estas para me concentrar… Gostei muito, continua! (Também te sigo no youtube, gostei muito destes últimos vídeos)

    • Joana Moreira
      12 Junho, 2016 / 22:06

      Obrigada Miguel <3 e boa sorte para os testes! Beijinhos

    • Joana Moreira
      12 Junho, 2016 / 22:05

      Obrigada Rita <3

  3. Joana Filipa Silva
    14 Junho, 2016 / 18:14

    Óptimo post!
    Parabéns por todo o teu trabalho, tanto no blog como no Youtube. És uma rapariga com imenso conteúdo! Muitos parabéns mesmo. Continua assim ;)

    Beijinho enorme

    • Joana Moreira
      19 Junho, 2016 / 22:29

      Muito obrigada Joana <3

  4. Ana
    23 Março, 2017 / 18:08

    Olá Joana, acompanho o teu canal já à algum tempo e gosto sempre do que vejo. Sou sincera prefiro ver os vídeos, do que ficar no computador a ler. Por isso, gostaria de sugerir um video de dicas de estudo onde converses sobre as mesmas.
    Obrigada e beijinhos :*

    • Joana Moreira
      11 Abril, 2017 / 9:00

      Anotado, Ana :)
      Obrigada! Beijinhos <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *