ALGARVE: PRIMEIRO DIA DE FÉRIAS E SUSHI PEARL

IMG_0916

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quem me segue pelo instagram (@joidevivreblog) e pelo snapchat (junesprunes) sabe que fui passar este fim‑de‑semana ao Algarve, com os meus pais e o meu irmão.
Foi o primeiro fim‑de‑semana oficial de férias e decidimos ir trabalhar na fotossíntese lá abaixo.

IMG_0931

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Costumamos ficar no Dunas Douradas, que funciona com aluguer de apartamentos independentes. Geralmente vamos com mais pessoas e é super giro alugar um apartamento (que mais parece uma casa, com jacuzzi e jardim), sermos nós a fazer o pequeno-almoço e estarmos todos juntos. Num hotel a dinâmica é diferente, está cada um no seu quarto e não existe espaço verde logo à saída do quarto. Se quiserem ver mais detalhes, estejam atentos ao canal – vou publicar um vlog esta semana.

Almoçámos sempre no hotel, à beira da piscina. A comida não é nada de outro mundo, muito à base de sandes e batatas fritas para inglês ver – literalmente – mas tem uma boa relação qualidade-preço e o ambiente é do melhor.

IMG_0957

IMG_0982

IMG_0984

IMG_0989
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

À noite fomos jantar ao SushiPearl, que é só o melhor sushi que eu já comi em Portugal! Da primeira vez que lá fui eramos um grupo de 5 e pedimos o combinado especial de 100 peças. Sim, 100 peças do melhor sushi. Desta vez estavamos com défice de um comilão, então optámos pelo combinado de 85 peças (e mesmo assim ainda sobrou sushi). Vou deixar as imagens falarem por si…

IMG_0993 IMG_0996 IMG_0997 IMG_0999 IMG_1000 IMG_1001 IMG_1003 IMG_1008

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
O peixe é do mas fresco possível. Eles têm um especial com ostras que, para quem gosta, deve ser divinal – pelo menos é o que eles dizem, que eu não gosto de ostras.
Aconselho a reservarem, das duas vezes que lá fui aquilo ficou completamente cheio. E vão com tempo, que a perfeição demora mas vale a pena.

Vejam o facebook deles aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *