PORQUE GOSTO DE: GUARANÁ

Entrar no mundo da alimentação saudável, variada e natural não é fácil por vários motivos. Um deles é a quantidade de produtos novos que nos são postos à frente, caídos de um planeta estranho, sobre os quais não sabemos nada. Aos poucos fui e vou aprendendo um bocadinho mais sobre os benefícios que têm certos grãos, pós, sementes, líquidos, com os quais não tinha relação nenhuma até me começar a interessar por uma alimentação bombardeada de nutrientes.

Hoje apresento-vos, àqueles que ainda não conhecem, mais um superfood: o Guaraná.
Desenganem-se aqueles que acham que têm luz verde para emborcar 5 litros de refrigerante de Guaraná por dia, pois eu estou a falar do pó que é feito somente da semente/fruta do guaraná.

Originário das florestas Amazónicas, a planta e as sementes do guaraná eram utilizadas pelas tribos devido aos seus benefícios medicinais. Com 5 vezes mais cafeína que o café, é um excelente estimulante para o sistema nervoso e cardíaco, potencia a actividade física (optimizado quando conjugado com spirulina ou pó de maca) e reduz a fatiga mental e emocional. Além destes benefícios, também é utilizado na perda de peso, na subida da tensão baixa, nos casos de pouco apetite sexual (optimizado quando conjugado com pó de maca), dores articulares, diarreia, stress, fraca capacidade de concentração e facilita ainda a expulsão de toxinas e gorduras pela urina.
Eu não bebo café regularmente e reajo muito rapidamente à cafeína, por isso coloco meia colher de café de guaraná no batido de manhã quando sei que vou precisar de energia extra ao longo do dia ou que vou ter um treino mais puxado no ginásio.
Cuidados a ter: não tomar durante a gravidez, evitar a ingestão no período da tarde/noite visto que é um estimulante (a não ser que o objectivo seja não dormir) e não ingerir mais do que a dose recomendada pois, apesar dos benefícios, a dose letal situa-se entre os 10 e os 14 gramas (2g diárias é o suficiente).
Lembrem-se que tudo é bom em moderação e que há sempre alternativas interessantes que devemos experimentar e explorar. Boa semana! :)

Getting into this gigantic world of healthy and natural eating is hard for many reasons. One of them being the amount of products that we are faced with and seem to appear from another planet everyday. Day by dayI started learning and studying more about all the benefits of the different powders, seeds, liquids, that the healthy food industry claims to be beneficial for us. 
Today I shall introduce to you another superfood: Guarana.
Don’t feel free to drink 5 liters of that guarana fizzy drink just because it contains guarana, I’m actually talking about the powder that is made from the seeds/fruits of guarana.

It originated in the forests of Amazon and was used by the tribes for its energizing and appetite suppressant effects. With 5 times more caffeine than coffee, it is a great stimulant for the nervous and cardiac systems, it enhances athletic performance (great when combined with spirulina or maca) and reduces mental and physical fatigue. It’s also used for weight loss, low blood pressure, poor sexual desire (great when combined with maca), joint pain, headaches, backaches, diarrhea, stress, poor concentration and it also facilitates waste disposal through urine.
I don’t usually drink coffee and I don’t tolerate caffeine really well, so I only put less than half of a teaspoon in my morning smoothie and I’m good to go. I also don’t take it everyday, only if I have a busy day ahead of me or if I’m going to hit hard at the gym (this last part doesn’t happen very often if we’re being honest here).
Do not take it you’re pregnant; don’t take it during the afternoon or night unless your goal is to spend the night awake; DO NOT take more than the recommended dose because, even though guarana is very beneficial for you, the lethal dose stays between 10 and 14 grams (2g a day is enough).
Remember everything is good in moderation and there are many fun and interesting alternatives for us to try and never be bored. Have a great week! :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *