GO JUU, UM JAPONÊS EM LISBOA

IMG_6979

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lisboa faz estas brincadeiras comigo. Esconde as suas melhores pérolas e deixa-me amadurecer enquanto as vou descobrindo, através de um blog, uma revista ou por acaso. O Go Juu foi uma descoberta tardia, mas que já consta na minha lista de favoritos. 

É um restaurante japonês como eu nunca vi em Lisboa – mas, lá está, esta cidade esconde pérolas – com um serviço cinco estrelas, um espaço que convida a horas de convívio e uma oferta gastronómica que deixaria qualquer japa orgulhoso.

IMG_6949 IMG_6954 IMG_6956

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fica ao pé da Fundação Calouste Gulbenkian, tem um bar de saquê e os ingredientes são os mais frescos que se podem encontrar. É uma oportunidade excelente para experimentar sushi na sua essência, sem o disfarce ocidental dos molhos, queijos e frituras, contando apenas com arroz bem confeccionado, peixe fresco e de excelente qualidade e poucos outros ingredientes.

Para entradas: sashimi de salmão e beringela com molho de miso (das melhores entradas que já comi, apesar de se tornar enjoativo se não se intercalar com outra coisa.)

IMG_6960 IMG_6961

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para principais: tempura de vegetais e camarão, rolos Califórnia e massa “Soba” com caldo de legumes. A Soba fez-me lembrar as alturas em que eu vivia de massas instantâneas (continuo a adorar!), mas com a vantagem de ser tudo muito mais fresco.

IMG_6963 IMG_6967 IMG_6968 IMG_6969

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comer massa com pauzinhos envolve toda uma técnica. Passo a explicar:

IMG_6971 IMG_6979 IMG_6980 IMG_6981

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Perceberam? Ou então adaptam o método pôr-uma-ponta-da-massa-na-boca-e-sugar-tudo, o que pode tornar a coisa bastante messy, com caldo a salpicar por todo o lado.  

IMG_6974 IMG_6973

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Além da comida ser bastante fiel à simplicidade japonesa, sem perder os sabores intensos da mesma, o espaço é muito agradável e remete-nos para uma casa moderna no meio de alguma cidade rural no Japão – nunca fui ao Japão, mas se este sítio for uma pequena amostra do que posso encontrar por lá, a passagem será marcada para breve.

IMG_6982 IMG_6983 IMG_6984

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para sobremesa, gelado de sésamo. Não foi um fim genial para a refeição, já comi gelados de sésamo muito melhores. Esta é a cara de quem queria uma sobremesa melhorzinha:

IMG_6993 IMG_6996

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mas tudo o resto compensou.

Visitem o facebook do Go Juu aqui para mais informações. (Aconselho a reservarem sempre, aquela casinha fica cheia!)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *